Equador, o destino fantástico e pouco conhecido pelos brasileiros

escrito por Arthur Nunes 24 de março de 2019
Equador, o destino fantástico e pouco conhecido pelos brasileiros

Tudo o que você precisa saber para visitar o Equador, o país muito vezes ignorado pelos brasileiros que não sabem o que estão perdendo. 

A república do Equador, não é um dos destinos mais populares entre os brasileiros, longe disso. Porém, se engana quem pensa que o país é desinteressante, muito pelo contrário, o Equador oferece uma das experiências mais completas na America do Sul, com uma diversidade de paisagens naturais aliada à uma rica história colonial e indígena.

Destino popular entre Chilenos e Argentinos, o Equador é cortado pela cordilheira do Andes, o que geograficamente gera um efeito interessante. Quem visita o país pode contemplar três cenários distintos; Se você está a procura de regiões montanhosas para praticar trekking ou mesmo fugir do calor do Brasil, pode conhecer as cidades no alto da cadeia de montanhas, rodeadas de vulcões, como Quito e Otavalo; Se o seu negócio é praia, não tem problema, visite as cidades litorâneas, faça aulas de surf, ou aproveite a cidade/balada de Montañita. Agora, se está em busca de algo diferente, um contato profundo com a natureza, que tal calçar a bota e se aventurar pela densa floresta amazônica? Tudo isso em um país com aproximadamente o tamanho do estado de São Paulo. 

As cidades equatorianas também se destacam no quesito história. Na capital Quito, um dos principais pontos turísticos é o conservado Centro Histórico, reconhecido como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco com sua arquitetura colonial e recheado de igrejas históricas (e como tem igreja), das mais simples até templos banhados em ouro.

Localizada à 441Km da capital, Cuenca, também é tombada pela Unesco. A cidade é um museu a céu aberto, um contraponto da moderna Guayaquill, coração financeiro do país.

No entendo, quando falamos em Equador, logo se vem em mente o Arquipélago de Galapagos. Berço do Darwinismo. O complexo de ilhas impressiona, seja pela sua fauna e flora única, sua importância histórica e científica ou pelo preço que se paga para visita-la.

Há opções mais em conta, como a Isla de la Plata, carinhosamente apelidada de “Galapagos de los pobres”. Que, guardada as devidas proporções, oferece uma experiência semelhante.

Como Chegar?

Assim como mencionamos, o turismo no Equador não é popular entre os brasileiros. Tanto que não conta voos diretos saindo do Brasil. Há voos saindo de varias capitais brasileiras com escalas em países vizinhos, os mais comuns são Chile e Peru.

As passagens não são das mais baratas. Mas em compensação o Equador não é dos países mais caros da América Latina. O que veremos no próximo tópico.

Veja aonde se hospedar no Equador

Quanto Custa?

O Equador não possui uma moeda própria desde os anos 2000. Para controlar a inflação o governo equatoriano decidiu utilizar o dólar americano como moeda corrente, loco não? Assim, o custo de visitar para país varia muito de acordo com a cotação da moeda americana.

Porém, mesmo com o dólar alto (beirando os R$4 quando visitei) o país não pode ser considerado caro, se compararmos com países como Chile e Uruguai. Uma refeição em media custa em torno de $3,50, com direito a entrada (sopa, sempre sopa), prato principal, suco e sobremesa. Se você estiver com o orçamento apertado, não tem problema, há opções como um grande pedaço de pizza e um refrigerante pela bagatela de $1.

O que levar na mala para o Equador?

Como já falamos aqui, o Equador é um país com diferentes cenários e climas. Então é necessário estar preparado para as mais diversas situações. Tenha sempre em sua mochila:

  • Calças de Caminhada, bermudas e vestimentas leves
  • Calçados de Trekking impermeáveis (se você deseja visitar os andes ou para a floresta amazônica)
  • Par de chinelos, (para curtir uma praia).
  • Repelente e hidratante.
  • Protetor solar (lembre-se que você vai estar bem embaixo da linha do Equador).
  • Um casaco corta vento (para região dos andes)

É seguro viajar pelo Equador?

Depende muito. Regiões metropolitanas como Quito e principalmente Guayaquill tem um alto índice de criminalidade. Os bairros mais famosos e turísticos contam com um policiamento intensivo e são bem seguros. Mas, se você deseja sair do roteiro comum é necessário ter cuidado, principalmente ao utilizar o transporte público.

Quais são os documentos necessários para entrar no Equador?

Como país associado ao Mercosul, o Equador não exige visto ou mesmo passaporte para brasileiros. Basta ter em mãos o seu RG, atualizado.

Teoricamente, se exige a carteira internacional de vacinação, com a vacina contra a febre amarela. Porém, não me pediram no aeroporto e conversando com colegas viajantes é possível afirmar que não é uma prática comum. Mas não recomendo dar sorte ao azar.


Este é o primeiro texto, de uma série de três, sobre o Equador. Nos próximos vou apresentar uma lista de cidades e atrações para quem deseja visitar o país, e um post sobre o fantástico ano novo Equatoriano. 

A viagem está apenas começando!